13 Maneiras de se manter na dieta mesmo jantando fora
795
post-template-default,single,single-post,postid-795,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-9.1.3,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive
 

13 Maneiras de se manter na dieta mesmo jantando fora

15 ago 13 Maneiras de se manter na dieta mesmo jantando fora

13 Maneiras de se manter na dieta mesmo jantando fora

Sair para jantar é um hábito cada vez mais comum, porém é um dos grandes inimigos da dieta, como vimos aqui. Mas o que fazer para permanecer saudável, parar de jantar fora? Pedir apenas vegetais? É possível ir a um restaurante e comer de maneira prazerosa e saudável, basta um pouco de planejamento!

1. Já fique sabendo antes de ir: hoje em dia é possível acessar online o menu da maior parte dos restaurantes. Veja quais pratos parecem ser saudáveis (itens grelhados, saladas, acompanhamentos de vegetais, etc), decida o que você vai pedir antes de sair de casa e mantenha a sua decisão quando chegar ao restaurante.

2. Sente-se em um local tranquilo: pessoas que se sentam perto da janela ou em frente à TV tendem a se distrair e acabam comendo consideravelmente mais, pois perdem a noção do quanto estão comendo. Ao fazer a reserva ou mesmo ao entrar inesperadamente no restaurante, peça uma mesa mais tranquila – vai valer a pena esperar.

3. Seja o primeiro a pedir: se você tiver decidido pedir algo saudável, mas seu acompanhante pedir um bife com fritas, você pode começar a repensar sua decisão.  Para evitar essa tentação, faça o seu pedido antes. Caso não seja possível, decida o que irá pedir, feche o menu e repita para você mesmo a sua decisão – isso irá ajudá-lo a manter-se na opção saudável.

4. Customize a refeição: antes de fazer o pedido, peça ao atendente detalhes sobre o prato (Como esse prato é preparado? Posso modificá-lo? Quais ingredientes são utilizados? Existe uma opção com redução de calorias ou gordura? Quais são os acompanhamentos? Posso pedir substituições? Qual o tamanho das porções?). Não tenha medo de fazer pedidos especiais. Por exemplo, peça preparações assadas ou cozidas ao invés de fritura; peça para não adicionarem sal ao prato ou peça para utilizarem o mínimo possível de gordura na preparação do mesmo. Como consumidor, você tem o direito de comer não só o que é gostoso, mas também o que é saudável.

5. Não se deixe seduzir: descrições como “macio”, “suculento”, “crocante”, “famoso” e outras são cada vez mais comuns nos cardápios. Estudos mostram que, palavras que se referem a sabor e textura ou apelam para emoções, conseguem aumentar as vendas em até 23% e podem até influenciar na forma como você percebe o prato. Ao invés disso, escolha os adjetivos mais coloridos do cardápio.

6. Cuidado com os aperitivos: o maior estrago normalmente ocorre nos aperitivos, que são ricos em gorduras e tiram o seu apetite para os alimentos mais saudáveis que virão em seguida.  Evite-os, pois mesmo em pequenas porções, podem somar quantidades de gordura e calorias desnecessárias.

7. Faça da entrada uma refeição: certos aperitivos podem ser excelentes opções de pratos principais, pois normalmente o tamanho da porção é mais apropriado. Considere opções mais saudáveis como frutos-do-mar cozidos, saladas que não contenham ingredientes gordurosos, vegetais grelhados e sopas lights. Experimente combinar o aperitivo com uma salada, o que garante maior satisfação com menos calorias. Mas fuja dos aperitivos fritos, cobertos com queijo e com molhos gordurosos – são capazes de fornecer uma quantidade de calorias para o dia inteiro!

8. Seja amigo das saladas: a salada pode ajuda ou atrapalhar sua refeição, dependendo dos ingredientes. Utilize folhas, grãos e vegetais e evite queijo, ovos, bacon e croutons. Escolha molhos menos calóricos e manere na quantidade. E cuidado com saladas de batata, macarrão, repolho, atum e frango, pois normalmente contêm grandes quantidades de maionese, açúcar e calorias.

9. Pegue leve nos acompanhamentos: substitua as opções mais calóricas por opções mais lights, como vegetais no vapor, arroz integral ou frutas frescas. As batatas fritas podem ser substituídas por batatas cozidas ou assadas, contanto que não venham com manteiga, queijo ou cremes.

10. Escolha preparações com pouca gordura: a maneira como o prato é preparado influencia a quantidade de calorias e gordura. Escolha preparações grelhadas, cozidas e assadas. Preparações fritas possuem quantidade extra de gordura. Peça também para reduzir a quantidade de manteiga e óleo utilizados na preparação.

11. Aprecie com moderação: drinks podem arruinar a dieta também. O álcool pode contribuir com uma quantidade significativa de calorias, então procure opções de drinks com no máximo 150 calorias. Pedir uma taça de vinho ao invés de uma garrafa auxilia a controlar e monitorar a ingestão de álcool. Beba água durante o início do jantar e espere para beber o vinho junto com o prato principal, assim você evita também relaxar ao ponto de esquecer do seu plano alimentar. Estabeleça um limite, assim você mantém suas metas.

12. Controle-se: restaurantes servem cerca de 2 a 3 vezes a quantidades de comida de que precisamos em uma refeição. Não coma tudo – considere dividir o prato ou pedir uma quentinha para comer depois em casa. Coma devagar até perceber que está satisfeito e atenha-se à quantidade permitida no seu plano alimentar.

13. Pratique a regra das três garfadas: tente pedir frutas para satisfazer o seu desejo por doce, mas, caso você realmente queira pedir uma sobremesa, limite-se a provar apenas. Coma apenas três garfadas e deixe a sobremesa de lado, assim diminui as chances de comer mais e pode acabar percebendo que era o suficiente. Peça então para o atendende retirar o prato, a menos que seus acompanhantes queiram acabar com o restante.

E você, gostaria de acrescentar alguma dica? Deixe seu comentário e lembre-se: Bem-estar é uma questão de FEH – Foco, Equilíbrio e Harmonia!

Nathalie Gonzalez

Nathalie Gonzalez é Educadora Física e certificada internacionalmente em Wellness & Health Coaching

Fontes:

13 rules for dining out on a diet

Veja Também

  • Como dormir tranquilo depois de um dia cheioComo dormir tranquilo depois de um dia cheio O sono possui um papel fundamental em nosso Bem-estar, nossa produtividade, nossos relacionamentos e consequentemente em quanto somos capazes de realizar nossos sonhos. É muito comum, […]
  • 11 Dicas para melhorar a qualidade do seu sono11 Dicas para melhorar a qualidade do seu sono Estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que 40% da população mundial têm algum problema com o sono. Se você estiver apresentando irritação, falta de […]
  • Meditação Benefícios físicos e mentaisMeditação: Benefícios físicos e mentais A meditação é uma poderosa ferramenta interna, que temos ao nosso dispor, para conseguirmos transformações maravilhosas em nossa vida. Através da prática diária da meditação, […]

Comentários